Membros do Conselho de Administração, diretores, gerente e agentes de atendimento do Sicoob Cred Ufu participaram de mais uma edição do Workshop de Negócios e a Reunião Regional com os Dirigentes de Cooperativas do Triângulo Mineiro e Alto Paranaíba promovidos pela Central das Cooperativas de Crédito de Minas Gerais – Sicoob Central Cecremge. O evento foi realizado no dia 09 de agosto, na sede do Sicoob Creditril, em Uberlândia. Cerca de 50 pessoas participaram do encontro, cujos objetivos foram: alinhar ações, apresentar resultados e disseminar diretrizes de negócios relacionadas ao Sistema Cooperativo de Crédito do Brasil - Sicoob.

O presidente do Sicoob Central Cecremge, Luiz Gonzaga Viana Lage, fez a abertura dos trabalhos. Em sua fala, o executivo ressaltou o grande interesse da Central em estimular as cooperativas afiliadas a ganharem dinheiro. “Acreditamos que as taxas de juros praticadas em financiamentos e empréstimos não fará as cooperativas sobreviverem. É preciso focar em vendas para obter resultados financeiros satisfatórios. Atualmente, 85% do total das vendas contabilizadas pelo Sicoob Central Cecremge são feitas por 20 cooperativas, ou seja, há 40 que estão deixando de ganhar. Portanto, é necessário avaliar onde está a falha. As cooperativas precisam escolher bem quem estará à frente do setor de vendas, o vendedor deve estar muito bem preparado e conhecer o cooperado para aproveitar as oportunidades”, frisou.

O Superintendente Financeiro e de Desenvolvimento na Sicoob Central Cecremge, Geraldo Martins, apresentou os números do Sicoob Central Cecremge, indicadores que demonstram o crescimento das Cooperativas afiliadas.

A gerente de negócios do Sicoob Central Cecremge, Ana Cristina Penido, apresentou o andamento da campanha nacional de vendas, com resultados das cooperativas, e reforçou a importância de um posicionamento estratégico em relação à comercialização dos produtos e serviços. “Se existem cooperativas que estão gerando volume de vendas significativo, as outras também podem. Precisamos quebrar paradigmas que nos levam a pensar: meu público é diferenciado, meu cooperado não precisa destes produtos, vamos ser iguais aos bancos. Temos que mudar essas reflexões e trabalhar, porque nós temos produtos para todo perfil e para todo público de associado, existem perfis para todos os produtos do nosso portfólio e podemos realizar vendas planejadas”, comentou.

Penido ressaltou a mudança de perfil do consumidor de serviços bancários e ressaltou que o Sicoob está na frente, acompanhando a evolução. “O lema de hoje é que todos precisam de serviços bancários, mas ninguém precisa de banco. Nós já entendemos esse novo conceito e temos plataformas digitais competitivas para acompanharem esse modelo novo de negócio, sem deixar de manter o atendimento humanizado em nossas cooperativas”, reforçou.

Após a reunião, os participantes se confraternizaram durante um almoço oferecido pela Central.

 

 

 


Fonte: Ascom Sicoob Cred Ufu